CASAS DE FORMAÇÃO

ETAPA FORMATIVA DO JUNIORATO E ESTUDO ACADÊMICO DE FILOSOFIA

1- DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO
Esta é a fase do pós-Noviciado, e deve ser considerada como um prolongamento da formação do noviciado (cf R 194). Por isso se traduz no viver concretamente os valores da vida religiosa apostólica guanelliana e no praticar a constituição, a sua abrangência na vida de cada dia (RF 234)
O Juniorato é o período de formação que se inicia com a primeira profissão religiosa e se estende até a emissão dos Votos Perpétuos.
O Juniorista continua a consolidar a experiência vocacional feita no Noviciado, integrando e aprofundando a sua consagração a Deus, no seguimento de Jesus Cristo, pelos votos, inserindo-se numa comunidade apostólica, com a participação ativa e corresponsável em todas as expressões da vida e missão comum.
O Juniorato caracteriza-se pela busca de equilíbrio entre a formação religiosa e acadêmica, no serviço apostólico, na identificação do seu carisma com o carisma e o projeto histórico da congregação.
O formador acompanha o processo pessoal e integração do juniorista, que realiza a síntese nas várias dimensões da sua vida, na experiência do amor pessoal a Jesus Cristo e na entrega ao Reino, no espírito e no carisma da congregação, a fim de optar definitivamente por Ele pela profissão Perpétua. (Itinerário de Formação da CRB, publicado em Florianópolis, 1999, p. 36).

2- OBJETIVO GERAL

Completar o processo de maturação em vista da profissão perpétua e cuidar da formação específica do guanelliano sacerdote ou irmão(Cf. R 191). Neste período o coirmão procurará decididamente tornar-se homem de Deus, assimilando sempre mais plenamente o carisma do instituto, na integração entre fé, cultura e serviço, para tornar-se capaz de assumir a missão guanelliana na Igreja (Cf. RF 237).
Aprofundar, integrar e consolidar as dimensões constitutivas da Vida Religiosa: consagração, missão e vida em comunidade, de modo que lhe permita dar uma resposta livre e definitiva a Deus, na Congregação (Cf. IF. da CRB, p. 36).

3- CURSO ACADÊMICO DE FILOSOFIA

Nesta etapa também iniciam os estudos acadêmicos de filosofia tanto para os que vão permanecer como irmão religioso,como para os que irão se preparar para o sacerdócio. O curso de filosofia tem a duração de três anos e residimos no Educandário São Luis junto a sede da Província Santa Cruz, dos Servos da Caridade no Brasil. Cursamos o curso de filosofia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul-PUCRS no turno da manhã. Além do estudo, atuamos na pastoral junto a paróquia Nossa Senhora do Trabalho e também auxiliamos nas diversas atividades da casa e do Educandário São Luis que atende 150 adolescentes no apoio sócio-educativo. Sentimo-nos muito felizes e convidamos a você jovem conhecer nosso seminário, caso sinta no seu coração o chamado a viver como religioso consagrado e sacerdote.
Seminaristas junioristas Servos da Caridade- Porto Alegre- RS.

Fotos